UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 12h24

DIs têm pouca oscilação na BM & F após dados de varejo

SÃO PAULO - Os contratos de Depósitos Interbancários (DIs) negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) registram movimentos tênues nesta sexta-feira, sem trajetória firme. Com os dados de vendas no varejo em linha com as estimativas, os agentes continuam aguardando dados novos para formar convicção sobre o rumo do juros, especialmente no longo prazo.

Há pouco, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2011 subia 0,02 ponto percentual, a 10,26%. Janeiro de 2012 declinava 0,01 ponto, a 11,60%, e janeiro 2013 perdia 0,02 ponto, a 12,30%.

Na parte curta da curva, o DI com vencimento em janeiro de 2010 operava estável, a 8,65%. Julho de 2010 ganhava 0, 01 ponto, a 9,11%, enquanto fevereiro recuava 0,01, a 8,66% ao ano.

Dados divulgados hoje mostram que as vendas no varejo aumentaram 0,3% entre agosto e setembro, na série com ajuste sazonal, completando cinco meses com alta. Ante o nono mês de 2008, houve crescimento de 5%, a mesma taxa apurada em 12 meses. De janeiro a setembro de 2009, as vendas aumentaram 4,7%.

"O desempenho é forte, mas alinhado com as previsões; portanto, não altera muito as apostas nos DIs", diz o gestor de um banco em São Paulo. Segundo ele, a partir de agora, os agentes esperam pelos dados de emprego do Caged na semana que vem.

Flávio Serrano, economista-sênior do BES, concorda e avalia que o dia de hoje deve ser morno nesse segmento, marcado por baixa liquidez e pouca oscilação nos contratos.

(Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host