UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/11/2009 - 12h05

Fibria anuncia lucro de R$ 181 milhões e reverte prejuízo

SÃO PAULO - A Fibria, empresa resultante da união entre Aracruz e VCP, reportou lucro de R$ 181 milhões no terceiro trimestre deste ano e reverteu o prejuízo de R$ 586 milhões, em valores pro forma, apurado no mesmo período de 2008. Com isso, a produtora de papel e celulose acumulou lucro de R$ 708 milhões nos nove primeiros meses de 2009, contra prejuízo de R$ 342 milhões apresentado no mesmo período do ano passado.

Segundo a companhia, a receita líquida no período de julho a setembro atingiu R$ 1,402 bilhão, praticamente no mesmo nível do valor registrado um ano antes, de R$ 1,407 bilhão. Já o resultado operacional medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou positivo em R$ 426 milhões (margem de 30%), em valores ajustados, abaixo dos R$ 498 milhões (margem de 35%) do terceiro trimestre de 2008.

Contudo, o lucro da empresa teve a contribuição de um resultado financeiro líquido de R$ 571 milhões, na esteira de ganhos cambiais sobre a dívida denominada em moeda estrangeira da ordem de R$ 875 milhões, dado que o real apresentou valorização de 10% em relação ao dólar no período. No terceiro trimestre de 2008, o resultado financeiro havia sido negativo em R$ 3,143 bilhões.

A Fibria ainda informou que a produção de celulose atingiu 1,428 milhão de toneladas no terceiro trimestre, 30% acima do volume produzido no mesmo período de 2008 (1,099 milhão de toneladas). Na mesma base de comparação, as vendas do produto avançaram 35%, para 1,276 milhão de toneladas. Por sua vez, a produção de papéis somou 93 mil toneladas, uma queda de 2% na comparação com o mesmo trimestre de 2008. Já as vendas de papel recuaram 10%, para 110 mil toneladas. (Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host