UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/11/2009 - 14h16

Petróleo sobe mais de US$ 2, estimulado por câmbio

SÃO PAULO - A desvalorização do dólar no mercado internacional colabora para a retomada dos preços do petróleo nesta sessão. Os dados macroeconômicos também estimulam para a evolução no valor da commodity. Logo pela manhã, o Departamento do Comércio dos EUA anunciou que as vendas no varejo dos Estados Unidos subiram 1,4% em relação a um mês antes. A alta no Produto Interno Bruto (PIB) do Japão, o terceiro maior consumidor de petróleo do mundo, é outro fator que influencia as negociações. Segundo o Departamento de Gabinete do Japão, a economia do país cresceu a uma taxa anual de 4,8% entre julho e setembro deste ano. Há pouco, em Nova York, o WTI para dezembro subia US$ 2,43, cotado a US$ 78,79. O contrato de janeiro de 2010 avançava US$ 2,38, saindo a US$ 79,41. Em Londres, o Brent para janeiro estava a US$ 78,57, com acréscimo de US$ 2,26. O vencimento do segundo mês do ano que vem subia US$ 2,28, a US$ 79,33.

(Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host