UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/11/2009 - 10h39

Tomazoni, ex-Sadia, vira vice-presidente na Bunge

SÃO PAULO - Gilberto Tomazoni, diretor-presidente da Sadia até setembro deste ano, foi contratado como vice-presidente da divisão de Foods & Ingredients para a América do Sul da Bunge Alimentos. O executivo, que ficou por 27 anos na Sadia e saiu após a crise dos derivativos, começou a trabalhar na semana passada na multinacional e vai cuidar dos negócios da Bunge na América do Sul, que envolvem produtos como óleo de soja, azeite e margarina. Esse segmento, como disse Tomazoni ao Valor, já está bastante desenvolvido no Brasil, e sua tarefa será ampliar os mercados da América do Sul. " O maior desafio será ampliar a atuação da Bunge no mercado de consumo e processamento de ingredientes na América do Sul e fortalecer a posição da empresa no mercado brasileiro " . Gilberto Tomazoni foi diretor-presidente da Sadia nos últimos quatro anos e deixou a empresa um ano depois da crise dos derivativos cambiais, que fizeram a empresa perder R$ 2,6 bilhões. O episódio levou a Sadia a uma crise sem precedentes e precipitou sua incorporação pela concorrente Perdigão, negócio que criou a Brasil Foods. Quando o problema dos derivativos cambiais estourou, em setembro do ano passado, analistas do setor já avaliavam que Tomazoni deixaria a Sadia, pois, apesar de não ser o responsável pelas operações financeiras, saiu chamuscado do episódio. Um ano mais tarde, em entrevista ao Valor Online, no dia de sua saída, Tomazoni, de 51 anos, disse que a decisão de deixar a Sadia começou a ser tomada após o anúncio da união com a Perdigão, em maio passado. Júlio Cardoso, ex-presidente da Seara, substituiu Tomazoni na Sadia e deve seguir no posto até que a empresa exista juridicamente. Perdigão e Sadia continuam operando separadamente enquanto aguardam parecer do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre a união. Tiveram autorização do Cade apenas para coordenar suas atividades de venda no mercado externo. " Estou me sentindo superbem aqui na Bunge " , disse o executivo, na sexta-feira à tarde, por telefone, da sede da empresa, em Gaspar (SC). " Acredito que meu conhecimento após 27 anos de Sadia possa contribuir para a companhia " , afirmou, referindo-se à Bunge. Com faturamento de R$ 23,3 bilhões em 2008, a Bunge Alimentos é líder nas exportações de grãos e na moagem de trigo no país.

(Alda do Amaral Rocha | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host