UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 16h34

Reserva da oferta de debêntures do BNDESPar começa no dia 24

SÃO PAULO - O BNDESPar, empresa de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), divulgou hoje os detalhes de sua emissão de R$ 1 bilhão em debêntures simples, anunciada em 23 de outubro. A operação será direcionada aos investidores de varejo, com a possibilidade de investimento mínimo de R$ 1 mil, que será o valor unitário do papel. As debêntures terão duas opções de remuneração, uma com juros prefixados e outra com atualização pelo IPCA, acrescida de juros fixos. Em ambas as séries haverá carência de no mínimo dois anos para o pagamento de juros, para que o investidor se beneficie com a menor alíquota de Imposto de Renda, de 15%, afirma o BNDESPar. Na série prefixada, os juros serão pagos integralmente no vencimento, em 1º de janeiro de 2013. No caso dos papéis vinculados ao IPCA, os juros serão pagos anualmente a partir de 15 de janeiro de 2012, com vencimento em 15 de janeiro de 2015. O período de reservas da oferta terá início em 24 de novembro e será encerrado em 10 de dezembro. No caso de investidores vinculados às instituições envolvidas na oferta, o prazo de reservas começa também no dia 24, mas termina em 2 de dezembro. O bookbuilding - processo de coleta de intenções de investimento que definirá a taxa de juros que irá remunerar os papéis - está marcado para o dia 14 de dezembro. A distribuição e liquidação financeira da oferta está prevista para 17 de dezembro para a série prefixada, e 18 de dezembro para a série vinculada ao IPCA. A operação poderá ser ampliada em até 35%, totalizando R$ 1,350 bilhão, em função da demanda. O objetivo da emissão é contribuir para o desenvolvimento do mercado de capitais doméstico e estabelecer um programa de captação no mercado local, com obrigações financeiras definidas, afirma o BNDESPar. Os recursos reforçarão o fluxo de caixa da instituição. Após a distribuição, os papéis contarão com formadores de mercado (BB Investimentos, Banco Bradesco e Caixa Econômica Federal) e serão negociados no mercado secundário, por meio da plataforma CetipNET, da Cetip, e do sistema BovespaFix, da BM & FBovespa.

(Téo Takar | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host