UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 19h35

Tribunal chinês considera que Microsoft violou direitos de propriedade

SÃO PAULO - A Microsoft deve parar de vender produtos que infringem os direitos de propriedade intelectual de uma companhia de software de Pequim, determinou um tribunal da China.

Conforme o estipulado, a Microsoft deve suspender a comercialização de produtos que utilizem caracteres chineses desenvolvidos pela Zhongyi Electronic Ltd. Os produtos em questão são versões chinesas do sistema operacional Windows 98, 2000, 2003 e XP. A Microsoft pretende recorrer da decisão. Segundo o jornal China Daily, a Zhongyi Electronic observou que a Microsoft assinou contratos para usar fontes chinesas para o sistema Windows 95 em 1994, mas a companhia acabou utilizando o software em outros produtos, incluindo o Windows 98, 2000, 2003 e XP, sem permissão ou pagamento.

A decisão da justiça chinesa foi conhecida no mesmo período em que o presidente americano Barack Obama visita a China.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host