UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/11/2009 - 17h22

Divisão da Moody's diz que Brasil vai crescer 4,5% em 2010

SÃO PAULO - A Moody ? s Economy.com, uma divisão da agência de classificação de risco da Moody ? s, disse hoje que a economia brasileira deverá crescer aproximadamente 4,5% no próximo ano, tendo o mercado doméstico como o principal motor de crescimento.

Segundo o relatório da subsidiária da Moody ? s, assinado pelo diretor da divisão da América Latina, Alfredo Coutino, o Produto Interno Bruto (PIB) do país crescerá entre 0,5% e 1% neste ano, como resultado da combinação de um primeiro semestre negativo e de uma melhora na segunda metade do ano.

O texto destaca que a recuperação econômica ganhou força a partir do terceiro trimestre, graças à demanda doméstica, além de apontar que no próximo ano o Brasil alcançará crescimento próximo de sua capacidade.

Considerando que a economia chegará mais perto de seu potencial de crescimento, Coutino estima uma inflação de 4,5% no próximo ano, sem que o país enfrente problemas de pressão inflacionária. Assim, a tendência é de que o Banco Central mantenha a política monetária expansionista e não eleve a taxa de juros até o final do próximo ano. Neste sentido, a divisão da Moody's lembra que um aperto da política monetária poderia enfraquecer a competitividade do real.

(Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host