UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 15h58

Bolsas europeias fecham em baixa por setor bancário

SÃO PAULO - As bolsas europeias fecharam o pregão desta sexta-feira em queda, derrubadas pelo setor bancário. Hoje, o presidente do banco central europeu, Jean-Claude Trichet, também fez pronunciamento em Paris sinalizando retirada gradual de medidas de estímulo na região.

O FTSE-100, de Londres, encerrou em baixa de 0,31%, aos 5.251 pontos. O CAC 40, de Paris, encerrou aos 3.729 pontos, com desvalorização de 0,82%. O DAX, de Frankfurt, viu queda de 0,68% e encerrou aos 5.663 pontos.

Segundo Trichet, a retirada das medidas emergenciais adotadas nos piores momentos da crise será feita de gradualmente. Ele adiantou ainda que qualquer medida não convencional cuja continuidade represente uma ameaça ao objetivo da estabilidade dos preços deve ser desfeita rapidamente e de maneira inequívoca.

Hoje cedo, o mercado já abriu negativo por conta de rumores envolvendo supostos riscos de exposição bancária em títulos da dívida da ucraniana, mas nenhuma informação foi confirmada nesse sentido.

Ainda assim, as ações de bancos da região sofreram, especialmente na Grécia, país cujo sistema financeiro foi fortemente atingido pela crise também. O Credit Suisse avaliou os bancos europeus como ainda sensíveis à situação econômica gerada pela crise. Os papéis do Barclays caíram 1,35%, os do Societe Generale cederam 2,73%.

(Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host