UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 11h53

Governo da Venezuela intervém em quatro bancos

SÃO PAULO - O ministro da Economia da Venezuela, Alí Rodríguez Araque, informou nesta sexta-feira que o governo decidiu intervir nos bancos Confederado, Banpro, Canarias e Bolívar. Segundo ele, a medida se deve à falta de cumprimento de medidas administrativas.

"A intervenção é a portas abertas. As atividades dos bancos se mantêm normalmente e os clientes poderão realizar suas operações como sempre, porque o Estado garante a saúde do sistema financeiro dos bancos", declarou.


As instituições financeiras seguirão em funcionamento sob o controle do governo. O setor bancário da Venezuela é dominado por 10 bancos que controlam 70% do total dos recursos. Os bancos que sofreram intervenção são considerados de médio e pequeno porte e os quatro representam 5,7% do total dos depósitos do sistema e 5,27% dos créditos totais. Eles foram adquiridos por um grupo de acionistas, liderados pelo empresário venezuelano Ricardo Fernández, que tem negócios na área de alimentos.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host