UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 19h28

Preço do petróleo fecha em baixa, sob efeito da alta do dólar

SÃO PAULO - Os preços do petróleo fecharam mais uma vez em baixa, sob efeito da valorização do dólar ante outras moedas, que inibe a compra de contratos referenciados na moeda americana. A baixa no mercado acionário contribuiu para o movimento.

O contrato de WTI negociado para o mês de dezembro em Nova York fechou a US$ 76,72, com queda de US$ 0,74. O vencimento de janeiro caiu US$ 0,58, para US$ 77,47. Em Londres, o barril de Brent para janeiro encerrou cotado a US$ 77,20, com queda de US$ 0,44, o vencimento para fevereiro declinou US$ 0,47, para US$ 77,99.

Os preços da commodity caíram pelo segundo dia consecutivo. Alguns agentes acreditam que os preços do produto demandavam ajuste por conta de uma aumento muito forte no meio da semana. Mas com a valorização do dólar nesse período, os agentes aproveitam para vender e têm pouco estímulo para comprar ativos em dólar.

Õ setor acionário também passou por realização de lucro, tendo por justificativa o discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, que sinalizou a intenção de retirada gradual dos estímulos econômicos lançados na crise financeira.

O economista do "apocalipse", Nouriel Roubini, disse hoje que os investidores estão operando tecnicamente no segmento de commodities, o que tende a gerar bolhas. Os contratos de produtos básicos da economia tem sido transacionados no mercado atualmente como um ativo acionário, descolado cada vez mais de fundamentos.

"Temos o início de uma bolha nos mercados financeiros", disse o professor da Universidade de Nova York durante discurso proferido hoje em Lisboa. Segundo ele, parte do aumento nas cotações de petróleo é explicada por aplicações especulativas, que não refletem fundamentos econômicos e podem levar a commodity para até US$ 100,00/barril.

(Bianca Ribeiro | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host