UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 14h10

Requião deve oficializar amanhã candidatura à Presidência, diz Simon

BRASÍLIA - O governador do Paraná, Roberto Requião, deve oficializar amanhã sua intenção de concorrer às eleições presidenciais do ano que vem pelo PMDB. A informação é do senador Pedro Simon (PMDB-RS) que disse ter sido convidado pelo diretório estadual do partido para uma reunião com o governador, quando será anunciada esta sua disposição.

Defensor da candidatura própria peemedebista, Simon ressaltou que "não tem ideia" de quem o diretório do PMDB do Paraná estaria mobilizando para discutir o assunto com Roberto Requião. "Eu conversei com o Requião e ele disse que está disposto a aceitar a candidatura." A partir do momento que o governador anunciar publicamente sua intenção, o senador diz que o próximo passo a ser tomado por Requião é o de viajar para os estados como o objetivo de discutir a sua viabilidade eleitoral com as bases do partido. "As bases do PMDB (prefeitos e vereadores), em sua imensa maioria, defende que haja um candidato próprio do partido nas eleições para presidente em 2010." Já um dos principais articuladores da aliança com o PT - com a indicação do vice-presidente na chapa que seria encabeçada pela ministra Dilma Rousseff -, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), qualificou a iniciativa de tardia.

O deputado acrescentou que a aliança entre PT e PMDB já está consolidada e não há espaço mais para discussão de candidatura própria. Cunha disse também que a iniciativa do governador e de seus possíveis desdobramentos "não muda uma vírgula" no acordo entre os dois principais partidos da base aliada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

(Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host