UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/11/2009 - 11h04

Venezuela destrói pontes na fronteira

SÃO PAULO - Soldados venezuelanos derrubaram duas pontes destinadas ao tráfego de pedestres na fronteira com a Colômbia. Os dois países vivem um clima de tensão que se intensificou nas últimas semanas. A ação foi criticada ontem pelo ministro da Defesa colombiano, Gabriel Silva, que disse que a destruição das pontes é uma violação à lei internacional.

O general Eusébio Aguero, comandante do Exército da Venezuela em Tachira, na região da fronteira, disse que ordenou a destruição com explosivos porque os dois acessos não eram autorizados. O vice-presidente da Venezuela, Ramón Carrizalez, disse que as pontes eram usadas por narcotraficantes e contrabandistas e que não houve violação à soberania do país vizinho.

Para o ministro colombiano, a ação foi uma agressão a civis, já que as pontes eram os acessos que moradores dos dois lados da fronteira dispunham para cumprir percursos diários.

A indisposição entre os dois países - que há anos vivem momentos de altos e baixos diplomáticos - se acentuou recentemente em função da decisão da Colômbia de oferecer bases militares em seu território a tropas dos EUA.

(Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host