UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/11/2009 - 15h57

Bolsas da Europa sobem 2%, puxadas por commodities

SÃO PAULO - O interesse dos investidores pelos mercados de commodities deu novo ânimo aos principais mercados acionários europeus. Dados econômicos favoráveis também ampararam os negócios. Em Londres, o FTSE-100 avançou 2%, aos 5.355,50 pontos. O CAC-40, de Paris tinha alta de 2,3%, aos 3.813,17 pontos, enquanto o DAX, de Frankfurt, ganhou 2,4%, aos 5.801,48 pontos.

Hoje a empresa de pesquisas Markit Economics revelou que o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), medida da atividade do setor privado, continua em expansão na zona do euro. Em novembro, o índice composto, que engloba a produção do setor industrial e a atividade nos serviços, foi para 53,7 pontos, o maior patamar em dois anos. A segunda-feira foi outro dia de desvalorização do dólar perante outras moedas, o que incentiva investimentos em ativos referenciados nessa divisa, como as commodities. Conforme o dólar recuou quase 1% frente ao euro, o ouro atingiu preço recorde em Nova York, de US$ 1,174 mil por onça. Analistas do Bank of America acreditam que o metal pode atingir US$ 1,5 mil por onça nos próximos 18 meses.

Com isso, ações de empresas ligadas a commodities foram as mais beneficiadas no pregão de hoje. As mineradoras BHP Billiton e Rio Tinto subiram 3,5% e 3,7%, respectivamente, em Londres. No setor de petróleo, a Royal Dutch Shell avançou 2,4% em Londres e a Total ganhou 3% em Paris. (Paula Cleto | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host