UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/11/2009 - 07h34

Ex-prefeito Celso Pitta é enterrado em São Paulo

SÃO PAULO - O corpo do ex-prefeito da capital paulista, Celso Pitta, foi enterrado no fim da tarde de sábado, no Cemitério Getsêmani, em São Paulo, na presença de aproximadamente 30 pessoas entre familiares, políticos amigos e curiosos.

Pitta morreu às 23h50 de sexta-feira, aos 63 anos, vítima de câncer disseminado no intestino. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 3 de novembro.

Pitta chegou à prefeitura de São Paulo, em 1997, apadrinhado pelo ex-prefeito, Paulo Maluf (PP-SP), que o antecedeu no cargo e do qual havia sido secretário de Finanças. Sua gestão foi marcada denúncias de irregularidades e corrupção. Em 2001, ele deixou a prefeitura com 13 processos na Justiça e sofreu outros fora do cargo. Alguns deles continuarão em curso, por envolverem outros acusados.

No ano passado, o ex-prefeito foi preso durante a Operação Satiagraha da Polícia Federal, acusado de envolvimento em crimes contra o sistema financeiro.

Também em 2008, Pitta havia sido condenado pela Justiça federal de São Paulo pelos crimes de desvio de verba pública e endividamento do município, no episódio que ficou conhecido como escândalo dos precatórios, referentes ao período em que ele era secretário das Finanças da prefeitura de São Paulo, na gestão do então prefeito Paulo Maluf (PP-SP).

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host