UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/11/2009 - 16h01

Tesouro emite R$ 2 bilhões em títulos para capitalizar a Caixa

BRASÍLIA - O Tesouro Nacional emitiu R$ 2 bilhões em títulos em outubro, com vencimento até 2015, para capitalização da Caixa Econômica Federal. O valor representa um terço dos R$ 6 bilhões que a Caixa pode receber, em empréstimo sem data de vencimento, conforme prevê a Medida Provisória 470, do último dia13 de outubro.

De acordo com o coordenador da Dívida Pública, Fernando Garrido, não há previsão sobre quando a Caixa receberá o restante dos títulos previstos.

Ele explicou que a emissão para o banco estatal "se assemelha a um contrato de empréstimo" da União, com a diferença de ser um instrumento híbrido de capital com cláusula perpétua, ou seja, sem prazo de vencimentos.

A Caixa já foi beneficiada, na década de 1990, por capitalização da União com instrumento híbrido de capital. Agora, o governo justificou que a Caixa precisa de mais recursos para atender ao aumento de demanda por financiamentos do programa habitacional de baixa renda, "Minha Casa Minha Vida". A Caixa recebeu R$ 1 bilhão em prefixado LTN com vencimento em 1º de janeiro de 2010; R$ 400 milhões em NTN-B (corrigido pela inflação medida pelo IPCA) que vence em agosto de 2014; R$ 250 milhões que vencem em agosto de 2012 e R$ 349 milhões para maio de 2015, ambos em NTN-B.

O banco estatal terá que ir a mercado, vender os títulos públicos federais e depois pedir autorização ao Banco Central para aumentar seu capital. Com isso, o banco público ganha mais espaço para pode emprestar.

Na administração da dívida pública em outubro, o Tesouro resgatou R$ 47,55 bilhões da dívida interna, dos quais R$ 44 bilhões em papéis prefixados. Enquanto as emissões ficaram em torno de R$ 23 bilhões.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host