UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/11/2009 - 10h44

Investimentos externos diretos somam US$ 1,56 bilhão

BRASÍLIA - A entrada de investimentos externos diretos líquidos no país totalizou US$ 1,563 bilhão em outubro, comunicou o Banco Central (BC). No mesmo mês de 2008, o ingresso foi maior, de US$ 3,913 bilhões.

O ingresso ficou acima do projetado pelo chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, que, no mês passado, informou que a previsão para o mês em questão era de um fluxo de US$ 1,7 bilhão.

Nos 10 primeiros meses deste ano, houve ingresso de US$ 19,254 bilhões (1,64% do PIB), menor do que o apurado em igual intervalo do calendário passado, quando a entrada equivaleu a US$ 34,768 bilhões (2,63% do PIB).

Nos 12 meses até outubro, entraram US$ 29,544 bilhões em investimentos estrangeiros diretos, o correspondente a 2,07% do Produto Interno Bruto (PIB) dolarizado.

Os dados levam em conta também os empréstimos intercompanhias, aqueles feitos pela matriz da multinacional para a subsidiária brasileira. Além disso, abatem as remessas feitas por conta de ganho do capital investido.

De acordo com o BC, do total ingressado em outubro, US$ 1,852 bilhão foram participação no capital. Foram contabilizadas ainda saídas líquidas de US$ 289 milhões em empréstimos intercompanhias.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host