UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/11/2009 - 10h43

Volume global de crédito sobe pelo 8º mês seguido e bate novo recorde

BRASÍLIA - O volume global de crédito do sistema financeiro cresceu em outubro pelo oitavo mês consecutivo e alcançou o recorde de R$ 1,367 trilhão em outubro, ou 45,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Em setembro, o estoque de empréstimo estava em R$ 1,348 trilhão (45,7% do PIB) e também havia sido o maior volume da série histórica . Os dados são do Banco Central (BC). Em 12 meses, o crescimento foi de 15,3%. Nos 10 primeiros meses deste ano, o avanço ficou em 11,4%.

O documento da autoridade monetária mostrou que a parcela de empréstimos com recursos livres ficou em R$ 931 bilhões em outubro, alta de 1% no mês e de 9,7% em 12 meses. A parcela de crédito com recursos direcionados, como financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), créditos habitacional e rural, situou-se em R$ 435,9 bilhões, um avanço de 2,2% no comparativo mensal e de 29,4% em 12 meses.

Relatório do BC informou que, em outubro, bancos privados se igualaram aos bancos públicos na oferta de crédito. A participação das instituições públicas no crédito global subiu a 40,7% e a das privadas ficaram com 40,8%. Bancos estrangeiros acabaram com 18,5%.

No mês passado, a taxa de inadimplência em atrasos superiores a 90 dias ficou estável em 5,8% do total da carteira de crédito referencial, ou seja, o volume tomado pelo BC para apurar as taxas de juros médias do sistema. A média de atrasos de operações contratadas por pessoas físicas continuou recuando, indo de 8,2% em setembro para 8,1% um mês depois. Em junho, essa taxa estava em 8,6%. A taxa para pessoas jurídicas permaneceu no patamar recorde de 4%.

Conforme a autoridade monetária, o prazo médio das operações estava em 377 dias corridos. Em setembro, ficou em 374 dias corridos.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host