UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/11/2009 - 07h35

Feriado nos EUA deve reduzir volume de negócios na bolsa

SÃO PAULO - Com os mercados nos Estados Unidos fechados, por conta do feriado de Ação de Graças, os investidores têm pela frente uma sessão fraca de volumes de negócios na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Sem o apoio dos investidores americanos, o mercado também tende a observar um dia fraco nos contratos de commodities, que costumam servir de referência aos investimentos em papéis de maior giro na bolsa paulista. " A tendência é de baixa liquidez, o que dificulta fazer qualquer prognóstico " , afirma Antonio Madeira, economista da MCM Consultores.

Por aqui, estão previstas as divulgações, pelo IBGE, da pesquisa mensal de emprego e do Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), além da nota de política fiscal do setor público, indicadores que tendem a nortear o mercado de juros. " Tudo indica que podemos ter flutuações maiores nos juros futuros, em razão de indicadores importantes para política monetária " , aponta Madeira.

Fora isso, também podem influenciar os negócios as medidas de flexibilização fiscal anunciadas nos últimos dois dias pelo governo, que incluem a prorrogação do IPI reduzido aos setores de construção civil e de automóveis, além da isenção do tributo nas vendas de móveis.

Ontem, o Ibovespa atingiu a maior pontuação em mais de 17 meses, após encerrar o pregão em alta de 0,89%, aos 67.917 pontos, maior nível de fechamento desde o dia 17 de junho do ano passado (68.437 pontos). Com isso, a valorização do índice no ano passa as ser de 80,87%.

(Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host