UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/11/2009 - 14h29

Banco central do México deixa taxa de juro em 4,5%

SÃO PAULO - O banco central do México (Banxico) decidiu manter a taxa de juro em 4,5%, em linha com as expectativas de muitos agentes financeiros. Com isso, a autoridade monetária quer seguir com o incentivo ao investimento e ao consumo.

A economia mexicana cresceu cerca de 3% no terceiro trimestre, na comparação com os três meses antecedentes, e a previsão é de nova expansão no trimestre final de 2009, perante o anterior.

"No entanto, a recuperação do emprego e da massa salarial possivelmente será defasada e paulatina e dependerá, em boa medida, do vigor da recuperação global", disse o Banxico em nota.

A instituição notou que a inflação continua arrefecendo conforme o previsto e a expectativa é de que termine o ano ao redor de 4%.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host