UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/11/2009 - 17h31

BB afasta diretor jurídico, acusado de assédio moral

BRASÍLIA - O Banco do Brasil (BB) tem um novo diretor jurídico, o advogado Orival Grahl. Catarinense, ele é funcionário de carreira da instituição financeira há 26 anos. Ele foi eleito hoje pelo Conselho de Administração do BB.

Grahl substituirá Joaquim Portes de Cerqueira César, afastado hoje pelo Conselho. Oficialmente, a direção do BB não comenta o motivo do afastamento de Cerqueira César. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Distrito Federal, ele é alvo de processos internos por assédio moral, acusado de afastamento sumário de vários advogados do banco sem direito a defesa em processos administrativos. Pela denúncia, os afastados foram substituídos por critérios políticos.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host