UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

21/12/2009 - 10h43

Anglo American obtém licenças para Minas-Rio

RIO - O sistema Minas-Rio, projeto de mineração e logística da Anglo Ferrous Brazil, deu dois passos importantes na sexta-feira para avançar no projeto de produzir e embarcar 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro a partir de meados de 2012. Trata-se de um investimento que vai custar à mineradora sul-africana Anglo American, da qual a Anglo Ferrous é subsidiária, US$ 3,6 bilhões. A empresa obteve licença de instalação (LI) para a área da mina e outorga da barragem de rejeitos.

A LI para a área da mina e da planta de beneficiamento, em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas foi concedida pelo Conselho de Política Ambiental (Copam), em reunião ocorrida em Diamantina. " Com a licença em mãos, estamos concretizando o maior projeto mundial da Anglo American " , afirma o diretor de Sustentabilidade da Anglo Ferrous Brazil, Willer Pós. A licença foi concedida para as obras de terraplanagem em toda a área da mina e do beneficiamento. A segunda etapa da LI vai contemplar a construção civil, montagem metal-mecânica, abertura da mina, pilha de material estéril, barragem de rejeitos e adutora de captação de água. Também na sexta-feira, a Anglo Ferrous Brazil obteve a outorga da barragem de rejeitos do sistema Minas-Rio, a ser instalada na divisa dos municípios de Alvorada de Minas e Conceição do Mato Dentro. O pedido de outorga foi julgado aprovado pelo Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Santo Antônio, após receber o parecer favorável do Igam (Instituto Mineiro de Gestão das Águas) e do GTOC (Grupo Técnico de Outorga e Cobrança) que é integrante do Comitê da Bacia. A barragem será implantada quando a Anglo obtiver a LI da fase 2.

A Anglo Ferrous Brazil vinha enfrentando algumas dificuldades em obter a licença de instalação da mina e esta outorga, o que agora ajuda a acelerar o projeto. Na semana passada, a presidente mundial da Anglo American, Cynthia Carroll, esteve no Brasil visitando as unidades da empresa no Rio, Belo Horizonte e São Paulo. Essas boas notícias para a companhia, que tem planos de ficar entre as cinco maiores do mundo na produção de minério de ferro, vieram logo após sua estadia no país. Vale, Rio Tinto e BHP Billiton dominam esse mercado com quase 70% das vendas entre mares.

(Vera Saavedra Durão |Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host