UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 13h08

BC prevê menor taxa de desemprego da história para 2010

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) projeta a menor taxa média de desemprego da história para 2010: 7,8%. Deve ficar próxima à média de 7,9% apurada em 2008, que é a melhor apurada desde 2002. E também vai girar ao redor do que se espera para este ano, quando o BC trabalha com 8,1%.

De acordo com os dados do Relatório Trimestral de Inflação, divulgado hoje, a autoridade monetária também espera continuidade de avanço na renda real. Em conceito ampliado, o BC aponta para variação positiva areal de 5,4% na renda do trabalho em 2009, e aumento de 6,6% para 2010.

O diretor de Política Econômica do BC, Mario Mesquita, explicou que são vários os fatores a convergir para o bom desempenho do mercado de trabalho e da renda no país.

Em primeiro lugar, ele citou o efeito menor da crise internacional. " Tivemos uma recessão concentrada no tempo, durante dois trimestres " , disse ele, referindo-se ao último trimestre de 2008 e o primeiro de 2009.

Outro fator foi a retração se restringir à indústria, "e muito pouco, se é que houve", no setor de serviços, continuou.

As medidas anticrise tomadas pelo governo para estimular alguns setores da economia, e a rede de proteção social, com programas como bolsa família de distribuição de renda (cujos benefícios tiveram aumento no ano), são outros elementos positivos, segundo Mesquita.

"Há uma combinação de fatores, que em ambiente de inflação controlada", preservam o emprego e os ganhos da renda, animando a atividade econômica. Mesquita destacou que o relatório trouxe hoje uma expectativa de alta real de 5,8% do PIB para o ano que vem.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host