UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/12/2009 - 15h26

Dólar mantém ligeira alta, cotado a R$ 1,698 na venda

SÃO PAULO - O dólar continua a subir ligeiramente nesta sessão, marcada pelo baixo volume de negócios. Após a divulgação de uma série de dados econômicos nos Estados Unidos, os investidores souberam que a agência de classificação de risco Fitch Ratings rebaixou a nota de crédito soberana da Hungria, com perspectiva negativa, ou seja, com a possibilidade de haver uma nova piora no futuro.
A nota de emissor em moeda estrangeira de longo prazo caiu de "BBB" para "BBB-", apenas um degrau acima do patamar considerado de investimento especulativo. A nota de emissor em moeda local passou de "BBB+" para "BBB".

Por volta das 16h10, o dólar comercial subia 0,11%, cotado a R$ 1,696 na compra e a R$ 1,698 na venda.
A leve alta pode ser creditada a um ajuste técnico, uma vez que o dólar teve três pregões consecutivos de queda.

No mercado futuro, os contratos de janeiro negociados na BM&F tinham queda de 0,32%, a R$ 1,698.

Depois de um dia sem leilão de compra de dólares no mercado à vista, o Banco Central voltou a atuar hoje. Há pouco, realizou um leilão em que a taxa aceita foi de R$ 1,6966.

As commodities operavam com alta. Instantes atrás, o índice CRB, que mede o desempenho de uma cesta de commodities, subia 0,42%.
O mercado internacional de moedas também tem um dia de baixa liquidez, com pouca oscilação. O euro, minutos atrás, tinha leve baixa de 0,19% ante o dólar, cotado a US$ 1,3108, instantes atrás.
O Dollar Index, que mede o desempenho da divisa americana ante uma cesta de moedas, operava com ligeira queda de 0,21%, a 80,55 pontos.
(Karin Sato | Valor)
Hospedagem: UOL Host