UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/12/2009 - 17h00

Petrobras vai estudar com China viabilidade de exportação de etanol

SÃO PAULO - A Petrobras anunciou hoje a assinatura de um memorando de entendimentos com a Petrochina para realizar estudos sobre a viabilidade do desenvolvimento de projetos de produção de etanol no Brasil e da exportação do produto para a China. "Devido à necessidade de adoção da mistura de etanol à gasolina em uma maior parte do território chinês e à falta de condições para abastecer aquele mercado exclusivamente com produção local, a China pretende não só buscar suprimento mas também investir em produção própria do produto no Brasil", afirmou a empresa brasileira em nota. Nos estudos de viabilidade técnica e econômica, cuja previsão de conclusão é de seis meses, a Petrochina e a Petrobras Biocombustível (PBio) realizarão parcerias no que tange à produção de etanol no Brasil, enquanto a Petrochina e a própria Petrobras se aliarão nos projetos de exportação de etanol. A inciativa se soma ao direcionamento da estatal brasileira ao mercado do etanol. Ontem, a subsidiária da Petrobras PBio anunciou a compra de 40,4% de participação na Total Agroindústria Canavieira - que possui uma usina em Bambuí, em Minas Gerais, com capacidade instalada de produção de 100 milhões de litros de etanol hidratado por ano - por R$ 150 milhões. (Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host