UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 20h34

BNDES restabelece operações com a Cosan

SÃO PAULO - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) retomou as operações com a Cosan, depois de tomar conhecimento da liminar obtida pela empresa para sair da chamada "lista suja" do Ministério do Trabalho.

A concessão de crédito à empresa sucroalcooleira foi suspensa preventivamente no dia 7, depois de o Ministério ter anunciado a inclusão da Cosan na lista de empresas flagradas explorando mão-de-obra em condição análoga à de escravidão. Na ocasião, o BNDES alertava que a celebração de novos contratos dependia da exclusão da companhia desse cadastro.

No dia seguinte, a Cosan obteve uma liminar determinando a retirada de seu nome da lista dentro de três dias. O juiz acatou argumentos do mandado de segurança impetrado pela empresa - não haveria "conclusões inequívocas" de prática análoga à escravidão, mas existiam riscos iminentes de prejuízo - como a perda de financiamentos do BNDES.

Em comunicado, o banco de fomento diz que "em linha com o compromisso com as melhores práticas socioambientais, expressas em seus normativos, continuará acompanhando a evolução do caso".

Mais cedo, a filial brasileira do Walmart também anunciou a retomada das compras dos produtos da Cosan. Os contratos haviam sido suspensos na sexta-feira, pelo mesmo motivo. A Cosan fabrica os açúcares União e Da Barra.

(Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host