UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 20h29

Dow e S & P 500 sobem com dados sobre balança da China

SÃO PAULO - As bolsas americanas encerraram a sessão de hoje em sentidos opostos. O Dow Jones ganhou 0,43%, aos 10.664 pontos, o S & P 500 subiu 0,17%, para 1.147 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 0,21%, aos 2.312 pontos.

O mercado foi influenciado positivamente por dados da balança comercial da China, que indicaram recuperação econômica. Em dezembro, as exportações do país somaram US$ 130,7 bilhões - um avanço de 17,7% ante igual período do ano passado -, ao passo que as importações atingiram um recorde mensal para US$ 112,3 bilhões, segundo dados Administração Geral de Aduana (GAC, na sigla em inglês).

Os resultados da Alcoa referentes ao último trimestre do ano eram esperados por investidores. Ao final da sessão, a empresa teve um ganho de 2,5%. Entretanto, após o fechamento, a empresa divulgou um prejuízo líquido de US$ 277 milhões no período, o que denota uma queda ante o terceiro trimestre, quando a fabricante de alumínio lucrou US$ 77 milhões (US$ 0,08 por ação).

Já a Chevron registrou alta de 1,7%, após o Citigroup rever para cima seu rating de investimento, de " manter " para " comprar " , dada a expectativa de alta nos preços do petróleo no longo prazo. Os ganhos do Dow Jones foram limitados pelo desempenho de empresas como a Walt Disney, que perdeu 1,6%, por conta da revisão de rating promovida pela Janney Capital Markets, de " comprar " para " neutro " . Por sua vez, empresas com negócios na Venezuela registraram perdas, após o governo do país anunciar uma expressiva desvalorização do bolívar e a adoção de duas taxas de câmbio, a partir de hoje. A Avon perdeu 1,5%; a Procter & Gamble recuou 0,4%; e Colgate-Palmolive também caiu 0,4%.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host