UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 17h49

Mistura de álcool na gasolina cai para 20% por 90 dias

BRASÍLIA - Conforme esperado, o governo reduziu a parcela do álcool anidro adicionado obrigatoriamente à gasolina vendida nos postos brasileiros. A diminuição é temporária: a parcela do etanol na gasolina cairá para 20% do dia 1 de fevereiro até o dia 1 de maio. Depois dessa data, o percentual voltará aos 25% praticados atualmente. A disposição consta de portaria assinada hoje pelos ministros da Agricultura, Reinhold Stephanes; de Minas e Energia, Edison Lobão; e pelos ministros interinos da Fazenda, Nelson Machado; e do Desenvolvimento, Ivan Ramalho.

O álcool é misturado à gasolina como uma forma de reduzir as emissões de monóxido de carbono geradas pela queima do combustível. A redução pontual da parcela da mistura visa melhorar a oferta de etanol combustível (hidratado), que move a frota flex e a álcool. Problemas na safra de cana e redução na oferta têm encarecido o etanol nos postos e, em muitos estados, vale mais a pena abastecer o carro flex com gasolina.

Na semana passada, o ministro Reinhold Stephanes disse à Agência Brasil que um corte do percentual de 25% para 20%, representaria cerca de 100 milhões de litros de etanol a mais disponíveis no mercado por mês. Esse volume equivale a aproximadamente 7% do consumo dos veículos flex no período. (Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host