UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/01/2010 - 11h28

Bovespa aponta alta de 0,59% e dólar cai a R$ 1,742

SÃO PAULO - A indefinição do cenário externo e a queda no preço do petróleo não são barreiras às compras na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) neste começo de quarta-feira. Por volta das 11h30, o Ibovespa aumentava 0,59%, aos 70.489 pontos, com giro financeiro em R$ 439 milhões.

Em Wall Street, os negócios ainda não começam e os futuros oscilavam entre a estabilidade e leve alta. Já na Europa, Londres tinha baixa, de 0,29%, mas Frankfurt defendia variação positiva de 0,31%. Na agenda do do dia nos EUA, estão os estoques de petróleo e o Livro Bege do Federal Reserve (Fed), banco central americano, que será apresentado no final da tarde.

O câmbio local seguia o sinal externo e o dólar perdia valor para o euro e para a libra. Há pouco, o dólar comercial era negociado a R$ 1,742 na venda, decréscimo de 0,34%.

Dentro do Ibovespa, Vale PNA seguia como destaque, conforme mais agentes compravam a ideia de elevado reajuste no preço do minério de ferro. Há pouco, o papel PNA subia 1,06%, a R$ 46,34.

Contribuindo para os ganhos do dia, OGX Petróleo ON tinha acréscimo de 1,66%, a R$ 19,52, CSN ON se valorizava 1,80%, a R$ 58,55, e Usiminas PNA subia 1,61%, a R$ 50,40.

Atuando em direção contrária, Petrobras PN devolvia 0,44%, a R$ 36,20, com o segundo maior volume do dia. Perdas também para Duratex ON, que caía 1,54%, a R$ 18,50.

Fora do índice, os recibos de ação da Laep, controladora da Parmalat, continuam ajustando para baixo. Há pouco, o papel caía 6,32%, a R$ 2,22. As ações da Parmalat estão em leilão.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host