UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 10h03

Defesa divulga lista de 14 militares brasileiros mortos no Haiti

BRASÍLIA - O número de militares brasileiros mortos durante o terremoto de terça-feira no Haiti subiu para 14, de acordo com nota divulgada hoje pelo Ministério da Defesa. São eles: - 1º Tenente Bruno Ribeiro Mário, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- 2º Sargento Davi Ramos de Lima, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- 2º Sargento Leonardo de Castro Carvalho, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- 3º Sargento Rodrigo de Souza Lima, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- Cabo Douglas Pedrotti Neckel, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP). - Cabo Washington Luis de Souza Seraphin, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP). - Soldado Tiago Anaya Detimermani, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- Soldado Antônio José Anacleto, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP). - Soldado Felipe Gonçalves Julio, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- Soldado Rodrigo Augusto da Silva, do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP).

- Cabo Ari Dirceu Fernandes Junior, do 2º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em São Vicente (SP). - Soldado Kleber da Silva Santos, do 2º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em São Vicente (SP). - Subtenente Raniel Batista de Camargos, do 37º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lins (SP).

- Coronel Emilio Carlos Torres dos Santos, do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília (DF).

O comunicado informa também que quatro militares continuam desaparecidos: - Coronel João Eliseu Souza Zanin, do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília (DF).

- Tenente coronel Marcus Vinícius Macedo Cysneiros, do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília (DF).

- Major Francisco Adolfo Vianna Martins Filho, do Departamento-Geral do Pessoal, sediado em Brasília (DF).

- Major Márcio Guimarães Martins, do Comando da Brigada de Infantaria Paraquedista, sediada no Rio de Janeiro (RJ).

Dos 14 homens feridos, dois serão repatriados para o Brasil e dois foram estão internados na República Dominicana, país vizinho ao Haiti.

(Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host