UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 12h40

FGTS encerra 2009 com ativos de R$ 235 bi e arrecadação de R$ 54,8 bi

BRASÍLIA - Com números recordes, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) fechou 2009 com ativos totais de R$ 235 bilhões e patrimônio líquido de R$ 31 bilhões. Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), o contingente de trabalhadores com contas ativas de depósitos mensais ficou em 31,4 milhões, um número inédito.

Como gestora do fundo, a Caixa consolidou hoje dados do balanço do FGTS divulgados na semana passada pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Assim como Lupi, a Caixa aponta, em nota, que a recuperação do emprego, em especial no segundo semestre, foi o grande motor da evolução positiva do FGTS no ano passado. Os números mostram que a quantidade de empresas com recolhimento do fundo foi recorde em 2009, com média de 2,6 milhões, assim como o volume de guias recolhidas, que atingiu uma média de 4 milhões.

A arrecadação bruta situou-se em R$ 54,8 bilhões, alta nominal de 12,4% sobre os R$ 48,7 bilhões de 2008, mostrou a Caixa. Os saques totalizaram R$ 47,8 bilhões, com crescimento de 12,1%. Assim, a arrecadação líquida ficou em R$ 6,95 bilhões, aumento de 15,2% sobre os R$ 6,034 bilhões de 2008.

A Caixa informou ainda que o retorno das operações de crédito subiu 13,1% em relação ao exercício anterior, para R$ 14,1 bilhões. O Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS) encerrou o exercício passado comprometendo R$ 17,1 bilhões, dos quais foram desembolsados R$ 14,5 bilhões.

Para 2010, o Conselho Curador do FGTS aprovou a aplicação de R$ 43,5 bilhões do fundo.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host