UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/01/2010 - 10h54

Militares feridos no Haiti chegam a São Paulo no início da tarde

SÃO PAULO - Os 18 militares brasileiros que ficaram feridos no terremoto no Haiti devem chegar hoje, por volta das 13 horas, a São Paulo, segundo informações do 5° Batalhão de Lorena (SP). De acordo com o Comando Militar do Sudeste, o avião deixou o Haiti por volta das 6 horas. O Batalhão de Lorena fretou um ônibus para levar os parentes dos feridos ao Aeroporto de Cumbica, onde o avião pousará.

O cabo Adriano de Barros Cavalcante, 23 anos, teve ferimentos leves na cabeça e nas pernas. Segundo sua madrasta, a dona de casa Denise Sampaio José, ele deve ficar internado em São Paulo antes de retornar a Lorena, mas o pai e a noiva devem vê-lo. " O pai está indo encontrá-lo. Sabemos que não foi nada grave, mas só ficaremos tranquilos quando o encontrarmos " , comentou.

Ainda conforme a madrasta, a maior preocupação da família é com o estado psicológico do militar, pois seu melhor amigo, o cabo Douglas Pedrotti Neckel, morreu no Haiti. " Eles são amigos de infância, passaram por todas as fases da vida juntos - quando crianças, tiveram a fase do skate, adolescentes, começaram a frequentar festinhas. Depois que entraram no Exército, ficavam aprendendo a marchar no quintal de casa. Eles eram inseparáveis e Douglas seria padrinho de casamento do Adriano. Não sabemos como ele irá enfrentar essa perda " , afirmou. (Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host