UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 09h06

Ações da JAL caem de novo ante proximidade de concordata

SÃO PAULO - As ações da Japan Airlines (JAL) registraram queda em mais um pregão. A empresa deve apresentar amanhã um pedido de proteção contra credores. Conforme reportagens divulgadas no fim de semana, o pedido deve ser seguido por uma reestruturação apoiada pelo governo, com o objetivo de cortar rotas e pessoal e enxugar o tamanho da aérea.

Nesta jornada, os papéis da JAL foram negociado a apenas US$ 0,05, nível recorde de baixa. Com isso, o preço de mercado da empresa gira em US$ 150 milhões, o equivalente a um novo jato Boeing 787.

Apesar de o governo ter socorrido financeiramente a companhia, a ajuda não conseguiu minimizar os problemas enfrentados pela JAL, com dívidas superiores a US$ 10 bilhões. No fim de semana, matéria do Yomiuri Shimbun deu conta que a JAL e a Delta Air Lines alcançaram um acordo sobre uma ampla parceria, que envolveria, por exemplo, compartilhamento de voos ("code share"). O acerto deve ser assinado, segundo o jornal, depois de ser endossado pela nova administração da aérea. Com isso, a JAL trocaria a aliança Oneworld pela SkyTeam, da qual a Delta faz parte.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host