UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 14h57

BM & FBovespa passa a registrar contrato a termo de dólar

SÃO PAULO - A partir de hoje os investidores contam com um novo contrato no mercado de câmbio da BM & FBovespa. Está autorizado o registro, em Mercado de Balcão, de contratos a termo (non-deliverable Forward - NDF, na sigla em inglês) de dólar, euro, iene e cross-rate.

De acordo com a bolsa, esse tipo de contrato permite que investidor faça o hedge (proteção) das moedas negociadas, eliminando risco de oscilação. A principal diferença entre os mercados a termo e os mercados futuros é que no termo não existe ajuste diário. A liquidação ocorre no vencimento do contrato.

As datas de vencimento, a cotação, bem como o tamanho dos contratos, serão livremente acertadas entre as partes, mas devem respeitar limites estabelecidos pela BM & FBovespa. Os contratos poderão ser realizados com ou sem garantia da bolsa. No primeiro caso, a bolsa exigirá margem de garantia de todos os participantes com posição em aberto. Tal valor será atualizado diariamente de acordo com os critérios de apuração de margem de garantia para o contrato a Termo de Taxa de Câmbio.

Para os contratos sem garantia, a responsabilidade da bolsa será restrita ao registro das operações, ao controle escritural das posições e a informação dos valores de liquidação financeira.

Inicialmente, as operações a termo poderão ser registradas somente com taxas de câmbio apuradas e divulgadas pelo Banco Central do Brasil.

Mas, a partir de 1º de março, também estará autorizado o registro com câmbio apurado pelo Banco Central Europeu (BCE), cotação de paridade de dólares por euro; WMReuters, fixing de dólares por euro; Bank of Japan, cotação de paridade de ienes por dólares e WMReuters, fixing de ienes por dólar. (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host