UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 09h29

Bolsas da Ásia fecham sem direção comum

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia fecharam a sessão desta segunda-feira sem rumo comum. Os indicadores acionários de Tóquio e Hong Kong caíram, com a preocupação de investidores quanto à recuperação da economia dos Estados Unidos.

Pesaram sobre os agentes, o resultado da confiança do consumidor americano. Segundo os números preliminares apurados pela Universidade de Michigan para janeiro, o indicador que mede esse sentimento ficou em 72,8, uma alta marginal perante os 72,5 de dezembro, mas leitura menor do que a esperada pelos economistas. Influenciaram os negócios ainda os resultados do JP Morgan, que teve lucro líquido de US$ 3,3 bilhões no quarto trimestre de 2009. O presidente da instituição, Jamie Dimon, avisou, contudo, estar ciente de que números ficaram aquém de um retorno adequado sobre o capital e do potencial de lucro da instituição.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 registrou queda de 1,16%, aos 10.855 pontos. O Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,90%, aos 21.460 pontos. No sentido contrário, o Shanghai Composite, de Xangai, teve alta de 0,40%, aos 3.237 pontos. Algumas ações dos setor de construção, no entanto, registraram perdas. Em Seul, o Kospi subiu 0,59%, alcançando 1.711 pontos.

Vale notar que as bolsas nos EUA não operam nesta segunda-feira devido ao feriado Martin Luther King.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host