UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 16h49

Justiça afasta presidente da Câmara Legislativa do DF

BRASÍLIA - O juiz da 2ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal, Álvaro Ciarlini, determinou o afastamento imediato do deputado Leonardo Prudente (sem partido) da presidência da Câmara Legislativa do Distrito Federal, atendendo a uma ação popular. Caso descumpra a decisão, o parlamentar terá de pagar multa diária de R$ 100 mil.

Prudente é acusado de ser um dos beneficiados pelo suposto esquema de pagamento de propina no Distrito Federal, que seria comandado pelo governador José Roberto Arruda (sem partido).

Em um dos vídeos obtidos pela Polícia Federal, na Operação Caixa de Pandora, Prudente aparece colocando dinheiro nas meias e no terno.
Em sua decisão, o juiz alega "que há nos autos um conjunto de elementos que constituem fortes indícios do cometimento de delitos gravíssimos".
Leonardo Prudente reassumiu a presidência da Casa no último dia 11 depois de pedir afastamento com o surgimento das denúncias de envolvimentos no suposto esquema de corrupção.

(Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host