UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 17h58

Preços no varejo paulistano fecham o ano com alta de 0,46%

SÃO PAULO - Os preços no comércio paulistano, calculados pelo Índice de Preços no Varejo (IPV) da Fecomercio, encerraram o ano com uma variação positiva de 0,46%. O resultado veio bem abaixo do índice registrado no ano passado, quando o indicador registrou uma alta de 4,75%. Em dezembro, houve uma deflação de 0,05% contra um crescimento de 0,11% em novembro.

Segundo Júlia Ximenes, economista da Fecomercio, o desempenho evidencia a contribuição do setor para o sucesso das metas de inflação geral. "O varejo, quando conta com medidas de desoneração fiscal e de estímulo à prática de preços mais acessíveis, responde com a transferência desses benefícios para o consumidor." O segmento de supermercados, com maior peso no indicador, terminou 2009 com um aumento de 0,15%. Em dezembro, porém, houve um recuo de 0,69%. O resultado no último mês do ano foi influenciado pelas quedas nos leite (-2,63%), frutas (-3,18%), ovos (-3,32), aves (-3,63), conservas (3,86%) e tubérculos (-11,53%).

Os preços mais baixos, argumenta Júlia, foram favorecidos pelo fim da entressafra de alguns produtos, como o leite e algumas frutas cítricas, que haviam apresentado variações significativas nos meses anteriores. Júlia prevê que com o aumento das chuvas, a inflação de legumes e verduras deve subir nos próximos meses. Também apresentaram deflação em dezembro os setores de eletroeletrônicos (-1,52%), móveis e decoração (-0,37%), veículos (0,01), drogarias e perfumarias (-0,18%), eletrodomésticos (-0,20), CDs (0,39%), brinquedos (-0,17%) e óticas (-0,07). Na outra ponta, entre os setores que tiveram alta em dezembro, destaque para vestuário, tecidos e calçados, com expansão de 0,47%. Júlia explica que o período antecipa as liquidações de queima de estoque da coleção primavera-verão, além do fato de que o aquecimento nas vendas tende a elevar os preços. (Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host