UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 15h13

BC projeta déficit de US$ 5,5 bilhões na conta corrente de janeiro

BRASÍLIA - Este ano começa com forte déficit na conta corrente externa. O Banco Central projeta para janeiro um resultado negativo de US$ 5,5 bilhões, bem próximo ao déficit de US$ 5,94 bilhões em dezembro de 2009, o pior resultado mensal desde 1947. Remessa de lucros e dividendos das multinacionais é a principal fonte de pressão.

Para o último mês de 2009, o BC projetava a conta corrente deficitária em US$ 3,9 bilhões. Mas ocorreu uma saída de US$ 5,326 bilhões em lucros e dividendos, volume inesperado, apesar de tais remessas aumentarem no fim do ano.

Em todo 2009, as remessas de lucros ficaram em US$ 25,218 bilhões, volume inferior aos US$ 33,87 bilhões do ano anterior. Para 2010, o BC projeta US$ 30 bilhões dessas remessas, que neste mês até hoje registram US$ 566 milhões.

Além disso, subiram os gastos com viagens internacionais, registrando déficit mensal de US$ 696 milhões. No ano, a conta de turismo externo teve o pior resultado anual da série, deficitária em US$ 5,59 bilhões, ante menos US$ 5,17 bilhões em 2008.

Neste mês até hoje, a conta de turismo internacional registra saída líquida de US$ 435 milhões. Aumento de renda real pela queda da inflação e crédito farto são dois motivos dados pelo BC para justificar o crescimento das viagens dos brasileiros ao exterior.

Outra fonte de pressão para a conta corrente foi o aluguel de equipamentos no exterior, que em dezembro foi deficitário em US$ 749 milhões. No ano, esses gastos líquidos foram no montante de US$ 9,39 bilhões ante US$ 7,8 bilhões em 2008.

O chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, destaca que outro impacto negativo para a conta corrente deste mês é o comportamento mais fraco do comércio exterior.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host