UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 15h54

Controladora da American Airlines tem prejuízo de US$ 344 milhões

SÃO PAULO - A AMR Corp, holding que controla a American Airlines, trouxe um prejuízo de US$ 344 milhões (US$ 1,03 por ação) no quarto trimestre de 2009. No mesmo período do ano anterior, a perda somou US$ 347 milhões (US$ 1,24 por ação). A receita do segundo maior grupo de aviação dos Estados Unidos caiu 7,4%, para US$ 5,1 bilhões.

O resultado inclui despesas não extraordinárias de US$ 177 milhões em encargos com órgãos reguladores e autorizações de pouso e decolagem, principalmente na América Latina.

A companhia destacou que os custos com combustível continuam em alta. O gasto médio em 2009 foi de US$ 2,17 por galão. Para este ano, a AMR prevê um gasto médio de US$ 2,42 por galão.

AMR destacou ainda que, apesar do resultado fraco, conseguiu reforçar seu caixa por meio de emissão de ações e dívida. A empresa encerrou o ano com caixa de US$ 4,9 bilhões, contra 3,6 bilhões no final de 2008.

O presidente da AMR, Gerard Arpey, declarou que espera receber em breve autorização dos órgãos reguladores americanos para operar voos transoceânicos com suas parceiras da aliança OneWorld. Outras duas alianças concorrentes já receberam a autorização, o que permite às companhias associadas compartilhar custos e receitas na operação das rotas.

(Téo Takar | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host