UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 11h09

Prejuízo do BofA alcança US$ 5,2 bilhões no trimestre

SÃO PAULO - O Bank of America, outro grande banco que usou recursos do governo americano para sobreviver à crise financeira, fechou o quarto trimestre de 2009 com prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões (US$ 0,60 por ação). Os resultados, divulgados há pouco pela companhia, vieram melhores do que algumas expectativas do mercado, que apontavam para prejuízo de US$ 0,43 por ação. No mesmo intervalo de 2008, a perda da instituição havia sido de US$ 2,4 bilhões (US$ 0,48 por ação).

"Quando olhamos para 2010, estamos encorajados por sinais de que a economia está se recuperando, pois temos visto estabilização dos nossos custos de crédito, particularmente nos negócios ligados a consumo", afirmou em nota o executivo-chefe da instituição, Brian T. Moynihan.

O banco ressaltou que o pagamento de US$ 4 bilhões dos empréstimos do programa governamental de ajuda aos ativos problemáticos (Tarp, na sigla em inglês) tiveram influência nos resultados. Excluindo os efeitos do pagamento e os dividendos que a empresa pagou em ações preferenciais, o prejuízo do período alcançou US$ 194 milhões. Nos três meses até dezembro, a receita do banco somou US$ 25,4 bilhões, ante os US$ 15,7 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Para todo o ano de 2009, o banco afirmou ter registrado prejuízo de US$ 2,2 bilhões, ou US$ 0,29 por ação, montante menor do que o verificado em 2008, que marcou US$ 2,6 bilhões, ou US$ 0,54 por ação. Quando se exclui os efeitos dos pagamentos do TARP, o BofA registrou lucro líquido de US$ 6,3 bilhões em todo o ano passado. (Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host