UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 13h20

Camargo Corrêa vai retirar proposta pela Cimpor, revela jornal

SÃO PAULO - A Camargo Corrêa deve retirar sua proposta pela Cimpor, companhia portuguesa do setor de cimentos. A informação consta do jornal português Diário Económico, que reportou que a empresa, contudo, não vai desistir do negócio.

Nesta sexta-feira, representantes da Camargo vão à comissão de valores mobiliários de Portugal, a CMVM, para responder a uma notificação de meados de janeiro.
Os reguladores portugueses querem que a Camargo Corrêa coloque a proposta nos mesmos moldes anunciados pela CSN, que faz uma oferta pública pela totalidade das ações da Cimpor.

Embora não seja conhecido o conteúdo da resposta, fontes ligadas ao processo ouvidas pela publicação comentaram que será retirada a proposta de fusão com a Cimpor.

A proposta da Camargo Corrêa entregue aos portugueses prevê uma participação inferior a 50% do capital social e votante da Cimpor.

O grupo brasileiro propôs a distribuição aos acionistas da cimenteira de um dividendo extraordinário no valor de até 350 milhões de euros, além da aquisição de uma participação entre 15% e 25% na Cimpor como condição prévia para à fusão.

(Juliana Cardoso e Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host