UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 12h03

Eleição para presidente da CPI no Distrito Federal é

cancelada SÃO PAULO - A escolha do novo presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Codeplan para investigar o suposto pagamento de propina para parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal vai ficar para a próxima semana.

O caso ficou conhecido como "mensalão do DEM" e, de acordo com a operação Caixa de Pandora, da Polícia Federa (PF), o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), seria o chefe do esquema de corrupção. A reunião extraordinária da CPI, prevista para ocorrer às 15 horas desta sexta-feira foi cancelada pelo seu presidente em exercício, deputado Batista das Cooperativas (PRP). O motivo do cancelamento, segundo informe divulgado na Câmara, foi a ausência de indicação de outro parlamentar para compor a comissão e a não publicação, no Diário da Casa, do novo coeficiente partidário.

Ontem, a deputada Eliana Pedrosa (DEM) renunciou ao cargo que ocupava na comissão. Ela veio na esteira do deputado Alírio Neto (PPS), que abandonou o mesmo posto na última terça-feira. Integram a comissão, além do presidente interino Batista das Cooperativas, os deputados Raimundo Ribeiro (PSDB), que é o relator, Geraldo Naves (DEM) e Paulo Tadeu (PT).

A CPI foi criada em 11 de janeiro, mas até agora não iniciou as investigações.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host