UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 12h08

Grécia volta ao centro das atenções no mercado financeiro

SÃO PAULO - A situação financeira da Grécia continua no foco dos agentes. O comissário de Assuntos Monetários da União Europeia, Joaquín Almunia, disse não haver um plano B para o país porque a Grécia "não entrará em default". Acrescentou, aliás, que "o default não existe na zona do euro".

Ele também se disse confiante que as medidas fiscais dos integrantes da zona do euro terão sucesso e que a União Europeia está "plenamente comprometida" em ajudar a implementar essas ações. Notou ainda que os problemas de um único país, no âmbito de união monetária, é motivo de "preocupação comum" para todos os participantes.

Seguem os comentários acerca de um possível resgate da Grécia em nível europeu, incluindo supostos pedidos de socorro por parte dos próprios gregos.

O premiê da Grécia, George Papandreou, avaliou que seu país está sendo vítima desses comentários nos mercados financeiros e negou mais uma vez que busca ajuda para financiar o déficit orçamentário doméstico.

"Esta claro que alguns ataques conta a Grécia têm como objetivo o euro", observou ontem o primeiro-ministro, que participa do Fórum Econômico Mundial em Davos.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host