UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 17h18

Após Sunoco, Braskem prepara novas aquisições no exterior

SÃO PAULO - Os planos de internacionalização da Braskem não param com o anúncio da aquisição das três unidades industriais de polipropileno da Sunoco no mercado americano, disse hoje o presidente do grupo petroquímico, Bernardo Gradin.

De acordo com o executivo, a companhia já sondou ou está em negociações com outras cinco empresas, dentro do plano do grupo de estar entre as cinco maiores petroquímicas do mundo.

O foco permanece nos Estados Unidos, onde a Braskem quer montar uma plataforma para sua expansão internacional. "A Sunoco foi a que se materializou primeiro. Não quer dizer que não temos interesse em outras", afirmou o presidente da Braskem, que iniciou as conversas com a petroquímica americana em meados do ano passado.

Segundo as informações dadas por Gradin em entrevista coletiva à imprensa, a Braskem avalia oportunidades relacionadas a seus principais negócios, sejam em resina ou seja em "cracker" (produto anterior à resina).

A aposta é no processo de recuperação dos Estados Unidos. "Sou muito otimista com a pujança do mercado americano. Em algum momento, o gigante voltará a ficar em pé", disse Gradin, que preferiu não traçar prazo para o próximo movimento de consolidação do grupo.

O executivo adiantou, contudo, que a empresa "obrigatoriamente" terá que manter os níveis de alavancagem nas futuras aquisições. Com o aumento de capital previsto dentro do plano de incorporação da Quattor, a relação entre o endividamento líquido da Braskem com sua geração de caixa deverá ficar em 3,24 vezes.

A empresa espera levantar R$ 4,5 bilhões na emissão de ações, que será realizada para incorporar os ativos da Quattor, disse Gradin. Do total, R$ 3,5 bilhões já foram garantidos pelos sócios Odebrecht e Petrobras, enquanto outros R$ 270 milhões serão aportados pelo BNDES.

De acordo com a empresa, a aquisição da Sunoco - que envolveu um desembolso de US$ 350 milhões - não vai alterar a estrutura de capital e alavancagem da Braskem.

(Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host