UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 08h23

Desemprego na zona do euro fica estável em dezembro

SÃO PAULO - A taxa de desemprego na região composta pelos países que utilizam o euro como moeda permaneceu estável em 10% em dezembro, já considerando os ajustes sazonais. A informação é da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat.

Em relação a dezembro de 2009, o número ficou praticamente em linha, já que na ocasião a taxa de desemprego era de 9,9%.

No conjunto dos 27 países que compõem a União Europeia, a taxa de desemprego também permaneceu estável entre novembro e dezembro, em 9,6%, mas subiu na comparação com o último mês de 2009, quando o indicador marcava 9,5%.

A Eurostat estima em 23,179 milhões o número de desempregados na União Europeia em novembro, 19 mil a menos do que em novembro. Na zona do euro, a projeção é de que 15,775 milhões de trabalhadores estavam sem emprego em dezembro, 37 mil a menos que no mês anterior.
Já em relação ao último mês de 2009, foi contabilizado aumento de 434 mil no número de desempregados na União Europeia e de 178 mil na zona do euro.
Entre os membros do bloco econômico, a Espanha segue com a maior taxa de desemprego, de 20,2%, seguida por Lituânia e Letônia, ambos com índice de 18,3% ao fim do terceiro trimestre do ano passado.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
Hospedagem: UOL Host