UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 11h58

Bolsas da Europa operam sem direção comum

SÃO PAULO - Os agentes nas praças acionárias da Europa se mostram cautelosos no primeiro dia de negócios do mês. A expectativa de que o governo chinês pode adotar mais medidas para evitar o superaquecimento da economia do país influenciava, em parte, os negócios.

Os investidores receberam na sexta-feira passada o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) americano a uma taxa anualizada de 5,7% no quarto trimestre de 2009. Além disso, a Grécia segue em foco. Na quarta-feira, a Comissão Europeia deve dar seu parecer quanto ao plano do governo para controlar a dívida do país nos próximos anos. Os agentes consideram ainda indicadores econômicos dos Estados Unidos.

Há pouco, o FTSE-100, de Londres, aumentava 0,27%, para 5.202,70 pontos. O CAC-40, de Paris, porém, tinha baixa de 0,13%, somando 3.734,47 pontos. Em Frankfurt, o DAX ganhava 0,14%, para 5.616,62 pontos.

O movimento das ações da Vivendi era monitorado pelos investidores. Um júri dos EUA considerou a empresa francesa responsável pelos relatórios falsos sobre sua situação financeira de 2001 e 2002. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host