UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 10h18

Bovespa deve começar fevereiro com valorização

SÃO PAULO - Depois de um janeiro difícil, que terminou com perda acumulada de 4,65%, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deve começar a semana e o novo mês com valorização. A indicação vem do mercado futuro, onde o Ibovespa com vencimento em fevereiro subia 0,60%, a 65.655 pontos.

Ganhos também tomam forma em Wall Street, onde os investidores aguardam os dados sobre a renda e o gasto do americano em dezembro e em todo do ano de 2009.

Também será conhecido o índice de atividade no setor industrial. A informação mais aguardada da semana sai na sexta-feira, quando o Departamento de Trabalho dos EUA apresenta o comportamento do emprego em janeiro.

Por aqui atenção às ações da Cosan. A sucroalcooleira assinou um memorando de entendimento com a Shell para unir os negócios de etanol e distribuição de combustíveis. O valor estimado da operação é de US$ 12 bilhões.

Já a OGX Petróleo encerrou a campanha de perfuração no poço 1-OGX-4-RJS e estima um volume total de óleo recuperável entre 100 milhões e 200 milhões de barris. Além disso, a OGX anunciou nova descoberta, a segunda, no poço 1-OGX-5-RJS, que também está em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos.

No mercado europeu, o dia é de alta. Indicadores de atividade industrial vieram mais fortes do que o previsto no Reino Unido e na zona do euro. Há pouco, o FTSE-100, de Londres apresentava valorização de 0,23% e, em Frankfurt, o Xetra-DAX ganhava 0,13%.

Na Ásia, Tóquio e Seul fecharam a segunda-feira com alta de 0,07% e 0,25%, respectivamente. Na China, Xangai perdeu 1,60%, mas Hong Kong subiu 0,61%.

No mercado de câmbio, o dólar perde do euro, mas ganha a libra. Por aqui, os compradores seguem pautando os negócios mesmo após nove dias seguidos de valorização. Há pouco, o dólar comercial subia 0,10%, a R$ 1,887 na venda.

Na sexta-feira, o crescimento acima do esperado apresentado pela econômica americana no quarto trimestre não foi suficiente para estimular compras durante todo o pregão. O Ibovespa começou o dia com firme alta, mas terminou com baixa de 0,28%, aos 65.401 pontos. O giro financeiro somou R$ 6,27 bilhões.

Com tal pontuação, o índice fechou a semana devendo 1,24% e acumulou recuo de 4,65% em janeiro. Além de marcar o pior desempenho mensal desde outubro de 2008, tal resultado pôs fim a uma sequência de seis meses consecutivos de valorização.

Em Wall Street, o Dow Jones fechou com variação negativa de 0,52%. O S & P 500 recuou 0,98% e o Nasdaq declinou 1,45%. Com isso, o primeiro mês de 2010 terminou com baixa de 3,5% para o Dow e quedas de 3,7% e 5,4% para o S & P e para a bolsa eletrônica.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host