UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 16h35

Para Sarney, todos os servidores do Senado devem ter ponto eletrônico

SÃO PAULO - O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que o ponto eletrônico deveria ser extensivo a todos os servidores da Casa.
O ponto eletrônico entrou em funcionamento hoje e vale apenas para funcionários efetivos e comissionados. Os servidores de gabinete, contudo, podem ser dispensados da tarefa se o parlamentar se responsabilizar por sua frequência ao trabalho.

Apenas servidores que usarem o ponto poderão fazer hora extra. O registro deve ser feito em um computador na entrada e na saída. Para isso, será criada uma senha pessoal.
Apesar de defender a medida, Sarney disse não conhecer em detalhes a maneira como foi feita a instituição do ponto eletrônico.

"Estou esperando o primeiro secretário (Heráclito Fortes) chegar e naturalmente examinar mais detalhadamente o assunto com ele", disse.

(Fernando Taquari | Valor, com Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host