UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 11h30

Bovespa aumenta 1,80% e dólar declina a R$ 1,859

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou a terça-feira com forte movimento comprador, retomando a linha dos 64 mil pontos. Com 62 dos 63 ativos em alta, por volta das 11h30, o Ibovespa subia 1,80%, aos 64.290 pontos, com giro de R$ 611 milhões.

A melhora no apetite por risco reflete a expectativa dos agentes de que o Banco Central Europeu (BCE) pode anunciar algum tipo de ajuda à Grécia, que sofre com a expectativa de calote de sua dívida.

Não há nada de concreto, mas os agentes tomaram o retorno antecipado do presidente do BCE, Jean-Claude Trichet de uma conferência na Austrália, como um sinal de quem alguma medida pode ser comunicada. Segundo um porta-voz do BCE, Trichet voltou mais cedo da reunião para participar de um encontro de líderes europeus agendado para quinta-feira.

Nas bolsas europeias, o FTSE-100, de Londres, ganhava 0,49%, enquanto em Frankfurt, o Xetra-DAX recuperava perdas e avançava 0,31%.

Em Wall Street, os negócios ainda não começaram, mas os futuros sugerem um pregão de recuperação depois que o Dow Jones perdeu a linha dos 10 mil pontos pela primeira vez desde o começo de novembro. O mercado de câmbio também reflete a recuperação de sentimento. O dólar cai ante o euro e também perde valor para o real. Há pouco, a moeda recuava 0,80%, a R$ 1,859 na venda.

Dentro do Ibovespa, Vale PNA avançava 1,81%, a R$ 42,00, e Petrobras PN se valorizava 1,19%, a R$ 32,12. As ações da OGX Petróleo subiam 1,87%, a R$ 17,93. Vale lembrar que o papel ficou de fora da recuperação de ontem.

Entre os bancos, Itaú Unibanco PN tinha alta de 3,02%, a R$ 35,75. A instituição apresentou lucro líquido de R$ 3,213 bilhões para o quarto trimestre de 2008, 71% mais que o observado um ano antes. O único dos 63 ativos a registrar baixa era a ação ON da Gafisa, quer perdia 1,61%, a R$ 23,80. A companhia anunciou oferta primária de R$ 900 milhões a R$ 1,1 bilhão. Ontem, a incorporadora reportou lucro de R$ 55,321 milhões para o quarto trimestre de 2009, aumento de 330,7% sobre os R$ 12,844 milhões apurados no mesmo trimestre do ano anterior.

Destaque de alta para TAM PN, que subia 3,24%, a R$ 34,38, TIM Part ON se valorizava 3,08%, a R$ 7,02, e Itaúsa PN ganhava 2,79%, a R$ 11,05.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host