UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 18h46

CVM multa corretora Agente BR e diretor em R$ 3 milhões

RIO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aplicou multa de R$ 1,5 milhão à Agente BR Sociedade Corretora de Câmbio e R$ 1,5 milhão ao seu diretor Túlio Vinícius Vertullo, num total de R$ 3 milhões, por infrações às instruções CVM 306, 434 e 40.
O Processo Administrativo Sancionador (PAS) 2008-12.088, que foi a julgamento nesta terça-feira na sede da CVM no Rio, foi aberto depois de diversas denúncias de investidores lesados pela empresa.

As denúncias se referiam aos clubes de investimento "Oppurtunity", "Gold" e "Fortune", administrados pela BR.

Segundo o relator do processo, o diretor Marcos Barbosa Pinto, a investigação apurou que a empresa não tinha registro no sistema de valores mobiliários, nem autorização para administrar carteiras. Sem autorização, a Agente BR não poderia cobrar as taxas de administração, que variavam de 1% a 2% ao ano.

Além destas irregularidades, a CVM descobriu que a Agente BR usou carimbos e assinaturas falsas da CVM e de um diretor da BM & FBovespa.

(Janes Rocha | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host