UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/02/2010 - 15h51

NET quer repetir em 2010 aumento da base de clientes do ano passado

SÃO PAULO - A NET Serviços, operadora de internet, TV por assinatura e telefonia fixa, prevê repetir em 2010 o crescimento da base de clientes visto em 2009 sem comprometer suas margens operacionais.

A expectativa da companhia é manter entre 27% e 29% a margem de geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que ficou em 27% nos dois últimos anos.

Já a base de clientes deve voltar a mostrar, em valores absolutos, o crescimento de 2009, quando o número de usuários de banda larga avançou em 665 mil e o de TV por assinatura cresceu em 619 mil. Por sua vez, em telefonia fixa houve um incremento de 755 mil clientes. Por outro lado, a empresa vê uma tendência de leve declínio na receita média por assinante (Arpu), como reflexo da maior participação de usuários de baixa renda nos negócios. Para capturar novos clientes e manter os atuais, a NET prevê investir R$ 1,2 bilhão neste ano, 10,3% acima dos desembolsos de 2009 (R$ 1,088 bilhão) Durante apresentação dos números da empresa a jornalistas, o vice-presidente financeiro e de relações com investidores da NET, João Elek, apontou que os investimentos são suficientes para a empresa defender suas posições de mercado. Segundo ele, a rede da companhia já está preparada para atender a velocidades superiores à média atual na navegação de internet. "Conseguiremos manter a rede com qualidade", afirmou.

A participação da NET no mercado de banda larga é de 25%, enquanto em TV por assinatura o market share é de 51%, conforme informaram os executivos da empresa. Já em telefonia fixa, a NET tem participação de 6% no mercado nacional. Sobre a entrada da empresa em telefonia móvel, o Elek disse que a NET estuda essa possibilidade, mas que não tem uma data definida para o lançamento do produto.

(Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host